segunda-feira, 2 de abril de 2007

Oportunidades

Outro dia, assistindo a uma palestra, ouvi uma comparação muito interessante. Falava-se sobre aproveitar as oportunidades de mudança. O orador caracterizou este ato como um momento em que mudamos ou reafirmamos nossa existência e assemelhou-o a uma bifurcação.

Quando temos mais de uma direção a seguir, cabe-nos tomar uma atitude: continuar em nosso caminho ou aproveitar a oportunidade de mudarmos o rumo. Se optarmos pela primeira possibilidade, tudo seguirá normalmente, as coisas continuarão a ser como sempre foram e seguiremos nosso caminho sem grandes perspectivas. Porém, se optarmos por mudar de direção, abriremos as portas para que nossa vida tome um novo rumo, um novo sentido, para que algo mais e totalmente novo aconteça. Para que isso seja positivo é necessário que tenhamos embasamento quanto a tal atitude, estejamos firmes em nossa decisão, acreditemos na possibilidade de sucesso, tenhamos grande perseverança e estejamos dispostos a mudanças, ás vezes bruscas.

Fazendo um paralelo desse assunto com nossa vida espiritual, muitas vezes ficamos fadados ao fracasso por não aproveitarmos as oportunidades oferecidas por Deus. Somos pessoas medrosas, inseguras e acomodadas, por isso não saímos da inércia para que algo melhor e maior possa acontecer conosco. Temos medo de que as coisas extrapolem as medidas delimitadas pelos nossos “achismos” que dão margem aos nossos conceitos e pré-conceitos.

Quando falo em fracasso, não me refiro simplesmente a tentar e não acertar, falo principalmente em não tentar, pois quem tenta e erra tem grandes chances de um dia acertar. Mas quando ficamos de braços cruzados, a possibilidade de acerto e sucesso é totalmente nula. O principal motivo em nossa vida espiritual que nos leva a não aproveitarmos as oportunidades, é que não estamos tão antenados com Deus como deveríamos. Nosso desconhecimento, ignorância e desinteresse pelas coisas de Deus, nos tornam invulneráveis às mudanças que Ele quer proporcionar em nossas vidas, então deixamos passar as oportunidades para que essas mudanças ocorram.

Adquirirmos experiências verdadeiras com Deus não consiste apenas em freqüentarmos os cultos dominicais ou semanais, cantar, dançar ou participar de alguma outra atividade eclesiástica. Em qualquer outro tipo de organização podemos ser ativos da mesma forma. Adquirirmos experiências verdadeiras com Deus requer muito mais que isso, requer, principalmente, o nosso desejo real de sermos moldados por Ele, e isto refletirá em todos os aspectos de nossa vida. Requer um profundo conhecimento da natureza de Deus para sabermos o que ele espera de nós.

Se o Senhor, pela Sua misericórdia e graça, algum dia te colocar numa bifurcação, dando-lhe a opção de seguir com tua vidinha confortável ou a oportunidade de dar uma tremenda volta e deixar que Ele guie os teus passos através da Sua vontade para uma vida totalmente nova, não fique com a primeira opção. Aproveite a oportunidade de mudar!

Nenhum comentário: