segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Ah, um sobradinho...

Hoje quero dar início a uma nova série aqui no blog. Trata-se de uma lista de desejos que eu gostaria de realizar durante o que resta da minha vida – não que eu pense que me resta pouco tempo, mas, considerando a expectativa de vida do brasileiro, quase metade da minha já ficou para trás.

Quero iniciar esta série contando sobre um desejo especial e muito antigo, quase infantil, que norteia minhas pequenas e mais íntimas ambições: a construção de um sobradinho.

Meu pai sempre trabalhou na construção civil, era mestre de obras, e eu cresci vendo muita coisa relacionada a esse assunto bem de perto. Talvez a arquitetura fosse a segunda possibilidade mais interessante de carreira para mim, mas, como sou péssima com cálculos, desisti da idéia. Ainda assim, sempre leio a respeito e tenho pilhas de revistas sobre o assunto, das quais não absorvo apenas a lindas fotos, mas todos os detalhados textos sobre as execuções dos projetos.

Sendo assim, desde muito cedo acalento o desejo de poder construir meu ninho, um sobrado aconchegante e com ares rústicos de tijolos aparentes, grandes portas e janelas envidraçadas e um jardim nos fundos, onde eu possa receber meus amigos e minha família para gostosas refeições informais numa mesa de madeira com bancos ao redor.

Por muito tempo deixei esse desejo na gaveta. Depois de me casar, fui morar numa casa grande, segundo andar de um prediozinho que meu pai me deu, um lugar sem grandes atrativos, bem convencional. No início deste ano resolvemos trocar a casa por um apartamento pequeno perto da praia. É um cantinho gostoso e aconchegante para um casal, mas minúsculo para receber. Além disso, não seremos um casal para sempre, algum dia a família aumentará e aí ficará complicado permanecer num espaço tão pequeno.

Há alguns dias decidi que quero fazer renascer o desejo de construir meu sobradinho. Quero uma casinha de duas águas, com telhado vermelho, que tenha espaços amplos e integrados e muita luz natural. Quero flores e gramado e algumas ervas frescas da horta para perfumarem minha cozinha. Quero esse cantinho gostoso, sem grandes ostentações. Apenas um lugar idílico, aprazível a mim e a todos os queridos a quem gosto de manter ao meu redor.

Foto daqui.

15 comentários:

daniel disse...

Célia

A pretensão ficou expressa num texto muito escorreito. Um pré projecto e como sabes da vialibidade, estou certo que a força de querer, levará um dia, tornar o projecto exequivel.
Daniel

Boa Noite Cinderela disse...

Ai que delicia, você descrevendo eu até me imaginei no seu sobradinho.
Espero que consiga construir seu sobradinho, a partir do momento que temos um sonho, temos mais força para corrermos atrás de nossos objetivos.
Beijo.
Obs: Já consegui parar.hehe

Priscilla disse...

Que delícia de sonho!
Espero um dia visitá-la em seu sobrado, que, com certeza, será um lugar muito aconchegante. A foto deixou um gostinho de "quero mais"!
Um grande abraço!

Aninha Pontes disse...

Célia querida, que sonho lindo!
Você vai conseguir, estou certa disso. E ele será lindo como você o quer. Bem aconchegante, como deve ser.
Um dia ainda vou conhecer de perto este cantinho que será feito com muito amor.
Querida, que bom, que papai está em casa, e tudo está sob controle.Deus está cuidando dele.
Um beijo

vivendo disse...

Oi, linda,
passamos aqui para um beijo!Um beijo em vc e no papai!!!Que sobradinho fofo!!!Eu, Dedé e bebê vamos te visitar aí nesse sobradinho!!!Vivi e bebê

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

Enquanto houver vida,há esperança
sonhos...
planos...
desejos...
podemos realizar.
Ficarei torcendo por vc.

Um otimo dia.


beijooo.

Georgia disse...

Entao maos a obra!!!


Realize o seu sonho, que é lindo!


Beijao

Casa da Tetê disse...

Eu acredito na realização de sonhos! Aos poucos, os meus vão se realizando e você deve investir na realização desse seu sonho! Um lindo sonho, por sinal! Acredite, persista e nunca desista! Bjks Tetê
Estou deixando o endereço de um dos meus blogs. A "Casa" é só um portal. Eu deixo as mensagens nos "cômodos"...

Casamento feliz disse...

Viajei no seu post , vc escreve tão bom, me fez sonhar junto com vc . Meu sonho tb é esse amiga

Um beijao e se Deus quiser vamos construiu nosso ninho de amor , ooo se vamos

edson marques disse...

Um desejo poético, justo e compreensível.

E delicioso de se ter.

Vá desenhando-o, pouco a pouco.


Abraços, flores, estrelas..

Cadinho RoCo disse...

Também sinto singular atração pela arquitetura, mas sonho com uma casa próxima ao mar.
Cadinho RoCo

simone corpo,mente e arte disse...

Oi Célia, que bom ter tirado esse sonho da gaveta , agora é por mãos a obra, essa é uma boa coisa p fazer contando com a colaboração de seu pai que conhece bem o ofício.Qdo iniciarem as obras é certo q vcs. precisarão de muitas massagens, mas vale a pena.bjs. Simone

Adelino disse...

Célia, aquele sobradinho que ilustrou o post é mesmo muito acolhedor. Acho que todos temos nossos sonhos. Sabe qual era o meu? Uma casa de dois andares com sótão... O importante era o sótão...
Abraços, ótimo final de semana, e que breve consiga atingir seu sonho, e que não me parece tão difícil assim.

Lucy Lordelo disse...

Oi, Célia!!
Q delícia ser seus textos!!!
Fiquei encantada...
Vc consegue nos cativar deste a primeira linha, com uma facilidade surpreendente. Adorei!!!
Vou visitar seu blog sempre!!!
Bjkas.
P.S. Agora sei p q vc ficou admirada com a mesa aqui de casa. rsrsrs
P.S.2 Estou tentando fazer um blog pra mim tb. Mas não consegui postar nenhuma foto. Vou precisar de umas aulinhas. rsrsrs

Celia Rodrigues disse...

Olá, queridos! É bom poder compartilhar meus desejos e saber que tantos de vocês têm desejos como os meus! Muito obrigada a todos por comentarem!

Tetê, irei conhecer seu blog assim que possível.

Cadinho Roco, grata pela visita. Volte sempre!

Lucy! Finalmente você aqui no Prisma! Fico muito feliz pela visita e, realmente, aquela sua mesa é um sonho, rsrs! Quando terei o prazer de comentar num blog seu, hein? Beijos e seja bem-vinda!