terça-feira, 28 de outubro de 2008

Mudando!


Lembram que eu escrevi há algum tempo sobre os meus medos? Nesse texto eu contei que um dos meus maiores pavores era o contato com animais, sobretudo com cachorro. Pois bem, esta foto acima é a prova de que até nossos maiores medos podem ser vencidos. Conheci o Nick na casa de uma amiga que freqüento há algum tempo e, desde então, fui me acostumando com a sua presença, sua aproximação, suas brincadeiras. Na última visita ele pulou no meu colo sem que eu esperasse... Fiquei meio que sem ação no primeiro momento, foi a primeira vez que isso aconteceu! Aí minhas amigas clicaram com o celular para registrar esse momento histórico, hehehe!

Pode parecer uma bobagem, mas estou muito feliz por isso! Sempre me senti muito constrangida com as situações causadas diante das pessoas pelo meu medo de cachorro. Nem sempre elas compreendiam, muitas pensavam ser “coisa de gente fresca”. É como se eu estivesse me livrando de um fardo que carreguei a vida toda.

E o Nick não é lindo?

23 comentários:

Lou Mello disse...

Parabéns! Grande vitória.

Não consegui me livrar do meu medo ainda. Morro de medo de ursos. Toda vez que um amigo diz ter um em casa, eu desapareço e perco a chance de perder o medo. Já ´pensou se o bicho resolve pular no meu colo, como fez o Nick? :)

Lucy Lordelo disse...

Amiga!!!!
O Nick te conquistou!!! rsrs
Ele é muito fofo mesmo!!
Estou feliz por vc.
Eu não tenho medo de cachorros, pelo contrário, amo!!!! Mas entendo o q vc sente/sentia(?) rsrs
Beijão.

Luciana Reis disse...

Gente, preciso comentar!!!
Pensei que eu morreria sem ver esta cena... rsrrs
Celia, que vitória!
Parabéns..

Georgia disse...

Que legal que vc superou este seu medo. É muito importante superá-los. Eu tb já tive tantos medos. Muitos já superei e outros ainda estou enfrentando.

Agora, esse medo do Lou ai, eu tb tenho. Imagina um urso no meu colo? Nem amigo urso, tô fora!!!hahhahah


Beijao

O Profeta disse...

A Lua sangra no celeste
Aprisionada está a razão
Olhos sem a virtude da luz
Uma fria pedra no coração

Um banco de jardim
É leito do rei da sarjeta
Almofada de encardido cartão
Acomoda esta carcaça inquieta


Convido-te a conhecer um Rei Mendigo


Boa quinta feira


Mágico beijo

Celia disse...

Parabens Celia. Vc venceu essa dificuldade. Eu passei e ainda passo pela mesma situacao. Tambem tenho medo. Com o cachorro da minha cunhada, já estou amiga, e até dou comida na minha mao. Os outros ainda estou em "tratamento" rsrsr Bj

Sonia Regly disse...

Amiga,
Novo endereço do Compartilhando as letras.Para vc atualizar o feeds e continuar recebendo as Postagens novas:

http://evelyns-place.com/compartilhandoasletras/

Adri disse...

O nick é muito fofo... vim te convidar pra brincar de amigo secreto, topa???

Andréia disse...

que fofo!! é sempre bom superar medos + n é nada facil..

o nick é uma graça


ate+

Pelos caminhos da vida. disse...

Eu ainda não me livrei do meu medo de chuva, parece bizarro ,mas é real,entro em pânico qdo vem chuva forte(trauma de cça,com uma chuva de granizo),já falaram para mim esperar a chuva vir e encarar ela para perder esse medo, tentei mas ainda não consegui,mas não desisto,vou ainda perder esse medo.

Obrigada pela visita.

beijooo.

Georgia disse...

Passando para um abraco

daniel disse...

Célia

Dizem que gostar ou ter animais, será salutar. Porém a minha experiência com os bichos, foi má. Não lhe tenho medo, nem fujo, não ligo e parece que me pagam na mesma moeda.
Beijos,
Daniel

Anônimo disse...

Fico muito feliz de ver sua superação.Cada alegria sua ,cada vitoria sua é nossa tambem. os amigos que te amam.
alzeni

Alice disse...

que legal !!! parabens ! eu tb tinha muito medo de cachorros e levei 40 anos para ter um em casa ....ainda bem q tb superei !!

bjksssss

Raphael Rap disse...

Não entender medos e receios alheios é também parte de nossa natureza...

Parabéns pela vitória contra o medo (mesmo que para alguns não pareça ser muita coisa)

Chris Rodrigues disse...

Que bom...eu amo cães. Qq dia vou colocar as fotos dos càes da minha vida...bjim

Renata Braga disse...

Oi Célia!!


Se livrar de alguns medos, é algo libertador mesmo...

Parabéns por isso!!!
E o Nick é lindo mesmo!

Beijoooooo e boa semana!

simone corpo,mente e arte disse...

Oi Célia,
parabéns!!!!!Vencer o medo é algo realmente maravilhoso ficamos mais leves.Essa foi uma ótima mudança.bjs.Simone

Adelino disse...

Celia, como sabe, gosto de contar experiências pessoais para ilustrar idéias ou conceitos.
Sobre medo de cães, certa vez, criancinha ainda, eu ia levando uma bandeja com café por uma avenida que passava ao fundo do nosso quintal, ainda em obras. De repente, ouvi um "tropel", "passos correndo"... Olhei pra trás e vi correndo em minha direção um enorme cachorro... Joguei tudo para o alto e fiquei imóvel esperando pelo pior. Nada aconteceu. O "bichinho" passou por mim, não me deu a mínima "confiança", e foi embora direto... Daí pra frente vi que o medo muitas vezes está em nossa imaginação. Claro que nem sempre, mas na maioria das vezes sim.
Abraços. Ótima quarta-feira.

Celia Rodrigues disse...

Amigos!
É bom saber que vocês comemoram comigo essa minha superação! Gostaria de respondê-los individualmente, mas não estou podendo e vocês já sabem porquê. De qualquer forma, sintam-se lidos e respondidos com profundo carinho!

Lou, medo de urso? Tá brincando, rs... Bom te ter por aqui.

Adri, depois passo no seu blog pra ver direito essa história. Abraço!

Daniel... disse...

Realmente fiquei muito feliz com a superação deste medo de cachorros. Realmente acredito que um peso deve ter saído do seus ombros, pois achei sempre que este medo fosse mais uma relação transferencial de uma situação vivenciada por você na infância, não necessariamente com animal. Conversa de psicólogo rsrsrs. Mas enfim, estou feliz demais com isto!

Daniel... disse...

Estou muito feliz com a superação deste medo! Muiot mesmo. Faço uma leitura psicológica deste teu momento. }Quem sabe um dia a gente não fala sobre isto? Bjão.

Celia Rodrigues disse...

Daniel! Enfim, você está de volta ao meu humilde blog, rs! Ainda estou em processo de cura, não pense que seguro qualquer cachorro no colo, isso ainda é privilégio do Nick, rsrs! Claro que vamos falar de sua visão psicológica sobre isso. Até!