terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Blogagem "O livro da minha vida"

Logo que vi a chamada para essa blogagem, percebi que queria participar. Isso porque, coincidentemente, outro dia mesmo estava me lembrando desse livro, que foi o primeiro que eu li completo, logo depois de ser alfabetizada. “No Reino Perdido do Beleléu” de Maria Heloísa Penteado, esse era o seu nome.

A fábula diz que tudo que se perde vai parar nesse tal de Beleléu, um lugar que não existe nos mapas e, como não pode ser encontrado, a única forma de se chegar a ele é... se perdendo! Mesmo tendo lido há tantos anos e logo depois tendo perdido o livro, não consigo me esquecer dos personagens. O principal, Zé Leu, um menino que perdia T-U-D-O; Valdomira sua irmã, era uma menina cuidadosa, ao contrário dele; a rainha Maria Porunga III, a toda poderosa do reino e até o Orangotango, serviçal da rainha.

Eu li várias vezes e pude aprender cedo que devemos ser cuidadosos com nossos pertences. Ah, que saudade...! Sempre penso em comprar de novo o livro, mas não o encontro nas livrarias e, na internet, sempre que verifico, não está disponível, nem mesmo na sua editora, a Ática.

Todas as crianças deveriam ter acesso a esse tipo de leitura, que auxilia no desenvolvimento do lado criativo e na imaginação delas, coisa que faz tanta falta quando, adultos, temos que assumir determinadas funções que exigem tais habilidades. Além, é claro, de ser diversão garantida e saudável.

Esse é um dos livro da minha vida, especialmente por ser aquele que me abriu as portas para o encantamento da leitura. Encantamento que permanece até hoje!

Esta blogagem foi proposta pela Vanessa do Blog Fio de Ariadne, a quem eu agradeço imensamente pela gosotosa nostalgia que ela me permitiu viver.



***************************************************************

Amanhã comemoro o meu aniversário! É, trinta e três aninhos, mas a carinha e o corpinho continuam sendo de vinte e poucos. A propósito, com cinco quilos a menos... kkkkkkkkk!

Brincadeiras à parte, fico muito feliz em comemorar mais um aniversário e ainda, de estar chegando à dita "idade de Cristo", a idade em que ele morreu. Não, não há nenhum sentimento mórbido nessas palavras, mas, sim, uma metáfora cheia de significados. Meu desejo para mim mesma é que nessa nova etapa possam morrer antigos vícios e costumes, e ressurgir uma pessoa mais parecida com Jesus.

Como eu já postei hoje, não postarei amanhã. Fico aqui mesmo esperando os cumprimentos. ;-))

16 comentários:

Georgia disse...

Ahahahahahahah! Célia, você o perdeu!!! Que pena!!!

Achei super interessante. Eu nao o li. É uma pena que livros assim tao bons se perdem dentro das editoras que nao os editam novamente. Eles bem que popdiam fazer uma reedicao desses livros nao? Uma coletânea. Vários num livro só.

Um feliz aniversário prá você minha querida. Tudo de bom e muitas bêncaos na sua vida.

Um grande beijo

Vanessa disse...

Poxa, vou anotar , quem sabe alguém tem digitalizado? Célia, muito obrigada pela participação na coletiva. Seu post enriqueceu a brincadeira.

E parabéns!!! Fazer aniversário mais magra é tudo de bom, hein?!

bjs

Lucy Lordelo disse...

Amiga!!!
Parabéns!!!
Ah, quero voltar a participar das blogagens coletivas e com vc na ativa novamente estarei a par de tudo. rsrs
Bjinhos.
P.S. Passa no meu blog tem uma mensagem pra vc. rsrs

Simone disse...

Oi Célia, feliz aniversário!!!!!!E parabéns pelos 5kg a menos.
Amei o nome do livro vou procurar.bjs.Simone

vivendo disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!Muitas e muitas felicidades!!!!!!!!!!!!!Muitos anos de vida!!!!!!!!!A gente gosta muito de vc!!!!!!!!!!beijo, Vivi e Davi

Sonhos & melodias disse...

Oi Celia,
Em primeiro lugar Feliz aniversário! E parabéns pelo blog e por sua postagem. Temos esse livro aqui na biblioteca onde trabalho e as crianças o adoram. Me parece que na Livraria Cultura tem e está disponível. Veja lá
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=54261&sid=01623622610129521872149911&k5=3724817F&uid=
BJs

Raphael Rap disse...

Pôxa sempre tô acompanhando o blog via feed e sempre também falho na falta de comentários. No entanto, não poderia deixar de te parabenizar pelo aniversário. Que Deus te abençoe continuamente e esteja sempre nos dando belas palavras para lermos...

Cristiane Marino disse...

Oi Célia!!!

Lindo seu post, o seu encantamento com a leitura também me encantou a ler este livro.

Parabéns pelo seu aniversário, Deus te abençõe e te dê muito sucesso e saúde.

Beijos

b disse...

O reino de Beleléu está onde vc não procurou.
Na sua criança interior.
Que vc possa com alegria, conviver com essa criança que lhe ajuda aos 33.
Porque é prá ajudar sempre!
Parabéns e boa sorte!

Adri disse...

Putz! como sempre eu chegando atrasada, mas desejo que voce tenha muita saúde e paz... to meio por fora das blogagens que eu acho um máximo, mas vou me inteirar, essa que voce falou parece ter sido interessante... Bju ;)

Lucy Lordelo disse...

kkkk
Pensei q não tivesse gostado. rsrs
Vc merece, Celinha!!!
Vc é muito especial.
Q Deus te abençoe sempre.
Bjusssssssss.

Sonia H. disse...

Oi, Célia,
Tem um presentinho para você no meu blog!
Beijos,

Lucy Lordelo disse...

Celinha!!!
Agora vamos ser duas a procurar este livro!!! Quero q meus filhos o leiam. Se achar me fala.
Beijinhos.
P.S. Ops!!! Já deixei um comentário aqui. rsrs

Lucy Lordelo disse...

Estou sem noção. 4 comentários com este. hauhauhauhau

Andréia disse...

nossa que livro interessante! n o conhecia. O primeiro livro que li por livres e espôntanea vontade foi O Mundo de Sofia e amei! tinha 14 anos


Parabéns pelo niver querida! muitos anos de vida, muita saúde e paz

beijos!

Adelino disse...

Célia, conforme você disse, não conseguimos nos esquecer de livros que lemos com prazer quando crianças. E note que as lições neles aprendidas principalmente - quando transmitidas por fábulas -, ficam para sempre. Daí a importância de se propagar boa leitura na nossa infância e pré- adolescência.
Um beijo.