quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O que é o sucesso?

Tenho me feito essa pergunta constantemente nos últimos tempos. O dicionário me diz que ter sucesso é obter êxito, bons resultados no que se faz. Mas, será apenas isso? Posso ter um bom resultado em qualquer coisa que me dispuser a fazer desde que me dedique a ela, independente de aquilo ser importante para mim ou não. Sob o meu ponto de vista, não há sucesso completo se não houver prazer na realização.

O sucesso pode ser percebido e aplaudido por qualquer pessoa, mas se não é seguido de realização pessoal pode até adquirir um gosto de fracasso. Posso ser, por exemplo, uma ótima secretária, pois meu senso de responsabilidade me diz que devo desempenhar bem o meu trabalho, no entanto, posso detestar o que faço e almejar por desenvolver atividades que dão prazer. Isso significa que o sucesso que obtenho em minha profissão - a satisfação de meus superiores, os elogios ao meu desempenho e meus ganhos financeiros - não me torna uma pessoa realizada. Isso, definitivamente, não é sucesso.

O que motiva a escolha de nossas carreiras profissionais? Dois são os agravantes que nos levam a fazê-las de forma errada. Primeiro: a maioria de nós, brasileiros, somos lançados ao mercado de trabalho por necessidade. Isso significa que muitas vezes não optamos por uma carreira, mas nos adequamos àquela oportunidade que tivemos a “sorte” de conseguir. Segundo: mesmo quando temos a oportunidade de optar, essa decisão normalmente é tomada cedo demais, na época do vestibular, por volta dos dezessete, dezoito anos. É realmente muito difícil acertar, uma vez que não se é tão maduro e experiente nessa idade para se fazer boas escolhas. Admiro quem consegue.

Diante de tudo isso percebo que, cada vez mais, as pessoas estão mudando de rumo. Acabamos nos dando conta de que trabalhar apenas pelo sustento se torna tão desgastante que o bom desempenho ou os ganhos razoáveis em detrimento do prazer da realização não valem à pena. O verdadeiro sucesso tem que começar no nosso interior.

Mas, como mudar? Quais são as dificuldades de se optar por outra carreira quando não se é tão jovem? Não seria arriscado? Vale à pena abrir mão dos planos pessoais em nome da busca por uma nova carreira? Tantas questões envolvem esse assunto...

Falaremos sobre elas em posts futuros.

9 comentários:

Heloísa disse...

Célia,
Obrigada pela visita ao meu blog.
Curioso é que, há dias atrás, eu havia deixado um comentário no seu post "Quem somos", mas ele não apareceu. Hoje deixei outro lá.
Quanto ao sucesso, parece mesmo que para ser completo, deve ser acompanhado de prazer.

Jannine disse...

Amiga, se vc quiser fazer um estudo sobre o tema eu posso ser seu objeto... não precisa nem dizer que trabalho por "precisão" e que qd estou em crise me acho um fracasso em algumas áreas. Mas, vamos em frente, até porque já fiz coisas muito legais e que me fizeram sentir bem, tb!
Super beijo.

Georgia disse...

Oi Célia, ótimo post.

Eu tb acredito que sucesso deve ser acompanhado de prazer pessoal; senao ele nao satisfaz.

Mas o sucesso tb é efêmero e passageiro, ilusório...prefiro o reconhecimento ao sucesso; prefiro a crítica sincera do que palavras doces;

Um grande beijo

Silvia Masc disse...

Sucesso para mim, é serenidade, prazer de viver, amar e ser amada, faço dessas palavras os meus votos pra você.
beijo e um ótimo final de semana.

Lucy Lordelo disse...

Celinha,
Esta pergunta tem sido feita por vc e por toda população mundial. rsrs E concordo plenamente com vc, o sucesso deve estar atrelado à realização pessoal, caso contrário pra que serve? E são fatores tão subjetivos... cada um a seu modo poder ter sucesso. É isso.
Bjinhos.

Tetê disse...

Oi Célia! O sucesso é muito relativo... Cada pessoa tem um conceito e eu acho que quando alcançamos nossas metas, alcançamos o sucesso. Claro que, cada meta alcançada, surge outra e por isso estamos sempre atrás do sucesso! Quanto a investir em nova carreira, eu acho que sempre é tempo. Enquanto há fôlego temos que correr atrás de nossos sonhos! Obrigada pela visita! Bjks Tetê

Aninha Pontes disse...

O sucesso só existirá, se houver realização pessoal.
Se não posso fazer o que gosto, devo gostar do que faço, do contrário, mudar, sem medo de ser tarde.
É o que eu penso.
Tenha um ótimo final de semana.
Um beijo

Luma disse...

Sucesso profissional nem sempre está aliado ao pessoal. Conseguir sucesso em todas as áreas da vida é 'excepcional' - Matamos um leão a cada dia! E penso que assim deve ser. Você pode ser perfeita a vida toda, mas se cometer um erro, será lembrada pelo erro! Beijus

Chris Rodrigues disse...

Oi querida,
muito bom...acho que o sucesso começa em ter uma boa auto-estima, amigos e fazer o que se gosta...bjoas