sexta-feira, 30 de março de 2012

Eu e a cozinha



Como todo mundo do blog e do face já sabe, eu amo cozinhar. Claro que não é todo dia que rola ir pra cozinha, mas pelo menos quatro vezes por semana dou o ar da graça por lá. Acredito que essa ausência de rotina é motivadora e também me permite alguns cuidados e caprichos com os quais o dia a dia não colabora.

O charme dessa era gastronômica e também a filosofia do bem estar, tão em alta nos nossos dias, também contribuem para o meu exercício na cozinha e para as pequenas recepções que organizo em casa vez ou outra.

No entanto, já contei aqui que as coisas não foram sempre assim. Quando mais jovem, solteira, eu não comia direito. Na verdade, até então eu não tinha descoberto o prazer de comer bem. Minha mãe nunca gostou de cozinhar e por isso nunca foi uma boa cozinheira, mesmo no trivial. Com ela eu não tinha o que aprender e sua relação de desprazer com a cozinha me afetava bastante. Acabei, durante muito tempo, renegando essa atividade como a uma praga.

Nos primeiros anos de casada ainda sofri com os traumas da cozinha vividos na minha antiga casa, hehe! Mas necessidade, boa vontade e persistência são capazes de operar milagres! E não é que descobri as delícias da culinária? É sempre um prazer comer algo preparado por mim e ainda, é uma grande alegria oferecer comidinhas gostosas aos meus amigos e minha família como forma de carinho e atenção, e também ver o entusiasmo do marido diante de uma nova receita.

Cozinhar não é um mistério. Tenho amigas que não se acham capazes de preparar um frango assado. Bobagem! Só acho que capricho e dedicação são fundamentais. Fazem muita diferença. Além disso, aliados como a tecnologia dos equipamentos e também os milhares de blogs, sites e programas de TV voltados para esse tema não deixam ninguém na mão hoje em dia. Já aprendi muitas coisas através desses canais e, não apenas receitas mais elaboradas, mas também dicas preciosas para tornar mais atraente a comidinha simples do cotidiano.

E então, consegui contagiar? Vamos por a mão na massa? O fim de semana promete, nos próximos dias publico aqui o que andei aprontando...

3 comentários:

Roseli disse...

Oi Celia vim pra agradecer e conhecer seu espaço. Obrigada pelo comentário em meu blog. Adoro receber as pessoas por lá. Amei seu blog também e com relação a essa postagem, gosto muito de cozinhar também. É prazeroso ver a alegria das pessoas experimentando o que você faz. Fora que é uma terapia também. Só não cozinho mais por pura falta de tempo.
Bjs

Mary disse...

olá celia tudo bem amiga?? tempo mesmo, saudades..

nossa adorei teu post, pq assim como aconteceu com vc, minha mãe não é fã de cozinha, com ela aprendi o básico, mas nada mais, e acabei não desenvolvendo "amor" por cozinhar.. até gosto de fazer algumas coisinhas diferentes, mas é só, e de vez em qdo.. só que adora, lendo teu post, acho que posso ter esperanças de um dia ainda curtir a cozinha hein?? vou tentar fazer algumas coisinhas diferentes estes dias, vc me contagiou sim.. hehehe..

bjos mil e ótimo domingo..

Tina disse...

Oi Celia!

Eu também gosto muito de cozinhar e de assistir e aprender com programas culinários - literalmente uma delícia. O bom mesmo é cozinhar por prazer e não por obrigação, não acha?

Obrigada pela visita ao BM, volte mais vezes. Gostei muito do seu espaço, voltarei.

beijo e Boa Páscoa!