sexta-feira, 11 de maio de 2012

Grávida já é mãe?



Acho que seria muita pretensão afirmar isso. Apesar de eu já estar experimentando sensações e sentimentos completamente estranhos para mim até há pouco, acho que ser mãe consiste numa trajetória de acontecimentos, muito mais do que simplesmente gestar ou parir. No entanto, penso que comecei a dar meus primeiros passos nessa jornada.

Desde que engravidei, já sonhei com meu bebê algumas vezes. Curioso isso, como pode ser sonhar com algo – ou alguém – que até ontem era uma mera e vaga possibilidade? Quem ele é? Ou seria ela? Que surpresas o meu ventre acolhe para se revelar na vida de uma pessoa? Ontem ele era uma possibilidade distante e, de repente ele está aqui, influenciando os costumes, promovendo decisões, povoando os pensamentos, ditando toda essa transformação no físico e na alma...

E então experimento a aflição de perceber que algo não vai bem com ele, ou os infindáveis momentos de insistente preocupação, renúncias e orações para que ele seja bem formado, saudável e lindo! Ah, o primeiro trimestre que não passa nunca... E ainda rio sozinha quando me perguntam se está tudo bem e eu respondo automaticamente que sim, ao lembrar que hoje senti enjoos, cólicas e aversão a algumas comidas. Tudo perfeitamente normal, hehe! O sentido de “estar tudo bem” nunca foi tão avesso e ao mesmo tempo, nunca me deixou tão contente!

Um feto de nove semanas e dois centímetros já é um filho? Bem, ele ainda não tem olhinhos pra me ver, mãozinhas pra te tocar, lábios pra me sorrir ou pezinhos pra me chutar e, antes mesmo que tivesse um cérebro pra me reconhecer, seu coraçãozinho já batia em sintonia com o meu... Era o início de um vinculo que não tem volta. É, acho que grávida já é um pouquinho mãe... Só um pouquinho, mas acho que é sim.

4 comentários:

Aninha Pontes disse...

Não tenha dúvidas disso, você já é mãe.
Antes de ter uma mãozinha para segurar a sua, olhinhos para te ver, ele tem uma alma e um coração, ligados ao seu.
Você é responsável pela vida dele, sem você, esse pequeno ser, não existirá. É responsável pela vida.
Por isso parabéns meu bem. Pelo seu primeiro dia da mãe. Outros virão, e sua vida será uma secessão de alegrias e dedicação total.
Um beijo

Georgia disse...

Claro que sim.

Bom saber que está tudo bem por ai.

Vcs vao quere saber o sexo do bebê?

Te desejo uma gravidez abencoada e que vcs possam estar curtindo estes momentos especiais na vida de vcs.

BJao e uma linda semana

Lúcia Soares disse...

Também ficona dúvida, Célia. rsrs
Biologicamente mãe é quem já pariu.
Mas como tudo começa lá dentro, invadindo nosso corpo, mudando-o,já somos mães, sim.
Que este domingo, 13, seja o primeiro de muitos e muitos Dia das Mães para você.
(meus filhos têm, os 3, já mais de 30 anos - pouquinho mais, apenas..rsrs) mas desde a primeira já havia ultrassom e eu nunca soube o sexo deles. No pedido, meu médico avisava que eu não queria saber. Nunca soube e sempre acertei. rsrs
Beijo!

Luciana Mendonça disse...

Celia agradeço sua visita ao criancasabusadas. Acho sim, gravida já é um pouquinho mae =) o fetinho ou mais tarde o bebe, ja interagem, ja sentem suas emoções e precisam de seus cuidados né?

abços.