Quem escreve





Celia Rodrigues. Nasci em 1976 na cidade de Vila Velha, estado do Espírito Santo, onde sempre vivi. Uma cidade um tanto provinciana, longe de holofotes e grandes acontecimentos, mas uma cidade tranquila e com belas paisagens. Um "lugarejo" que, por assim ser, é um convite ao bem viver. Também por isso, não tenho pretensões de sair daqui.

Sou formada em Comércio Exterior e trabalho há sete anos numa empresa de consultoria na área, mas divido o exercício da profissão com três grandes paixões: escrever, cantar e cozinhar.

Em 2007 comecei a escrever este blog e, apesar de alguns períodos de recesso, durante esse tempo tenho experimentado a grata satisfação da interação com meus leitores, o que me levou a me lançar num projeto mais ousado, o lançamento do meu primeiro livro em junho de 2012, Colcha de Retalhos, uma coletânea de contos escritos e engavetados ao longo de seis anos.

A música sempre esteve muito presente na minha vida. Comecei a cantar ainda criança na igreja, onde recebi minhas primeiras lições musicais. Desde então venho me desenvolvendo na área com a participação em corais, grupos vocais, apresentações solo e com a participação em cinco trabalhos gravados. Além disso, estudei música durante vários anos e, eventualmente, compartilho meus conhecimentos na comunidade cristã onde frequento. Apesar de ter uma experiência razoável nessa área, não canto profissionalmente. A música, para mim, está definitivamente ligada às minhas convicções de fé, é uma forma de adoração e serviço à causa do evangelho.

Quanto à culinária, descobri essa paixão depois que me casei. E me encantei com ela a tal ponto que tentei transformá-la em negócio, mas descobri, depois de três anos, que ela consiste apenas em um imenso prazer na minha vida.

Filha caçula de seis irmãos (somente quatro estão vivos), sou a "raspa do tacho", nasci quando meus pais não esperavam mais ter filhos. Tenho treze sobrinhos dos quais seis são sobrinhos-netos (filhos dos meus sobrinhos). Casei com o Nilton em 2002 e compartilhar a vida com ele é uma prova diária de como Deus se esmera em cuidar de mim. Em 23 de novembro de 2012 nasceu nosso pimpolho, o Felipe, nossa mais nova e mais intensa paixão.

Falei muito sobre paixão. Sou mesmo apaixonada. Pela vida, pelo meu marido, pelo meu filho, pelas nossas famílias... E por Jesus, a razão maior de eu ser quem sou! E ainda que em muitos momentos minhas debilidades humanas me façam vacilar com Ele, sei que meu amor permanece intacto, simplesmente porque foi Ele quem me conquistou!

Você é bem-vindo neste espaço. Leia à vontade e, se puder, deixe suas impressões!